Sustentabilidade(Corporativa)

Schneider Electric entre as empresas mais sustentáveis do mundo

Pela segunda vez a Schneider Eletric França entrou na lista da Corporate Knights entre as empresas mais sustentáveis do mundo. Em 2015 ganhou uma posição chegando ao nono lugar. A Corporate Knights é uma publicação canadense especializada em responsabilidade social e desenvolvimento sustentável que analisa as melhores práticas de sustentabilidade corporativa.

O levantamento foi criado em 2005, é anunciado, anualmente, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos. A publicação seleciona empresas de todos os setores com base em 12 indicadores principais. São eles: energia, emissões de carbono, consumo de água, resíduos sólidos, capacidade de inovação, pagamentos de impostos, a relação entre o salário médio do trabalhador e o do CEO, planos de previdência corporativos, segurança do trabalho, percentual de mulheres na gestão e o chamado “bônus por desempenho”.

Este reconhecimento é consequencia das ações que a Schneider Electric vem desenvolvendo nos negócios dentro do tripé econômico, ambiental e social como o Barômetro Planeta & Sociedade que contempla indicadores internos de desempenho. Em 2014 a pontuação global foi de 9,2 de 10. (Veja aqui)

Também em 2014 a SE figurou entre as melhores repostas do mundo do CDP – Carbon Disclosure Project (www.cdp.net), organização não governamental global ambientalista que encaminha um questionario para mais de 5.000 grandes empresas listadas nas Bolsas de Valores. O questionario é composto de perguntas sobre impactos ambientais, riscos e oportunidades ligadas às emissões que a empresa tem em suas operações. A SE ficou com a nota 99 (disclosure)  A (performace).

O BipBop, programa global voltado para a população de baixa renda foi responsável pela capacitação de 63.000 pessoas ao redor do mundo em gestão de energia e levou soluções para mais de 2 milhões de residências. Estas são algumas das ações que levaram a SE estar entre as empresas mais sustentáveis do mundo.

No Brasil estamos desde 2009 desenvolvendo ações nesta mesma linha. O Bip Bop foi o primeiro passo da SEB no tripé da sustentabilidade e neste período teve treinadas 20.000 pessoas.

Em 2011 foi constituída área de sustentabilidade que criou o Comitê de Sustentabilidade e desenvolveu o Barômetro Planeta & Sociedade Brasil, o primeiro pais a seguir o exemplo da França. Em 2014 atingiu a pontuação 6,87, e tinha como meta chegar em 7, com 15 indicadores divididos nos tripés da sustentabilidade.

Também em 2014 foi publicado o segundo relatório de sustentabilidade, ciclo 2012/2013, e a SE foi listada entre as 61 empresas mais sustentaveis do Brasil pelo Guia Exame de Sustentabilidade. Um feito que traz o reconhecimento e aponto que a SE esta no caminho certo por aqui.

Este reconhecimento aqui no Brasil é motivo de comemoração, entretando traz junto com ele a responsabilidade de avançar com o desenvovimento sustentavel nos negócios.  Sustentabilidade não é um fim e sim uma forma de fazer e gerir os negócios. Amplia a forma de apresentar os resultados da empresa por meio do tripé da sustentabilidade para gerar valor a todos stakeholders.


No Responses

Deixe uma resposta

  • (will not be published)