Serviços

Por que treinar sua equipe de Operação?

Empresas de grande porte e que estão preocupadas com a segurança e a eficiência dos seus times e de suas operações precisam investir na capacitação e atualização dos conhecimentos de seus funcionários. Mas será que esse é um bom investimento? Resposta difícil. O resultado depende de muitos fatores. O que posso garantir é que quanto mais específico é o setor de aplicação maior é a necessidade de treinamento e de preparo para esta equipe.

Quando os equipamentos operados são bens duráveis, com tecnologia de ponta e alto valor agregado pode ser necessário não só treinamento como também o acompanhamento e auditoria das práticas para garantir a eficiência desejada.

Como garantir que o investimento surtirá resultado? Veja alguns pontos que não podem ser deixados de lado:

  1. Acreditar que somente o pilar “educação” será o suficiente para a absorção do conhecimento, isto é, além de receber a informação/formação é necessário validar o conhecimento e entendimento desse time com a “exposição” a uma situação real.
  2. Ministrar treinamentos técnicos e não se certificar que as competências comportamentais também estão alinhadas com as situações.
  3. Limitar a avaliação do conhecimento somente com avaliações teóricas

Sabemos que tirar o operador de sua função e enviá-lo para treinamentos é custoso, mas com um bom planejamento essa prática de capacitação constante pode potencializar os resultados e eficiência do processo, evitando falhas em equipamentos de alto custo, que têm função crítica dentro da operação da empresa como um todo.

Falhas geram custos de reparo e principalmente prejuízos financeiros por parada e consequentemente comprometendo o cronograma de trabalho. O planejamento de treinamentos é um dos pontos abordados num bom plano de manutenção.

Para otimizar os treinamentos é necessário:

  1. Ter um objetivo claro

Defina com o Recursos Humanos e o responsável do treinamento de maneira clara e objetiva o assunto abordado, o nível de conhecimento necessário e estabeleça qual será a estratégia para organizar e capacitar os colaboradores. O estabelecimento de metas vai influenciar diretamente na concepção do treinamento.

Novos processos de operação? Aumento de índices de produtividades? Equipamentos ou tecnologia novos?

Dependendo das respostas acima a abordagem do treinamento será diferente e os recursos necessários também serão diferentes (material, simuladores, instalações e equipamentos de testes)

  1. Pense no treinamento focado na necessidade do operador

Liste todos os procedimentos existentes e normas aplicadas para a área, depois faça uma análise minuciosa dos procedimentos atuais. Se o treinador for interno, esse é um bom momento para avaliar se é necessária alguma atualização/adequação dos procedimentos. Considere todos os EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) necessários para os serviços.

Pense nas ações base: ligar e desligar, manobras frequentes, paradas e travas para manutenção, leitura de equipamentos de medição e controle, entre outros.

Quanto mais detalhada for essa análise maior é a chance de detectar pontos de possíveis falhas e dúvidas frequentes que podem ser sanadas no treinamento.

Foco na ação e não somente em transmitir as informações.

  1. Foco na prática

Treinamentos com equipamentos para simulação ou até uma operação prática são muito importante e aumentam exponencialmente a absorção do conhecimento pois podemos simular as falhas e dificuldades apresentados no dia a dia além de identificar pontos de melhoras possíveis para a equipe em situações de emergência.

Procure sempre centros de treinamentos com equipamentos e especialistas, o investimento terá retorno.

  1. Avalições de qualidade

É importante que todo treinamento tenha uma avaliação ao fim, não só para comprovar a eficácia do conhecimento que foi repassado/reciclado, mas também para avaliar a qualidade do treinamento ministrado.

Evite avaliações compostas somente de questionários, avaliações práticas compostas de operação real ou simulador são infinitamente melhores para avaliar a eficácia do treinamento pois além de avaliar o conhecimento técnico consegue analisar o comportamento do operador em todas as etapas dos trabalhos.

Quer saber mais sobre as instalações e os treinamentos que estão disponíveis no Centro de treinamento Schneider Electric? Conheça aqui.

Quer conhecer nossas instalações? Veja o vídeo de nosso Centro de Treinamentos:

https://www.youtube.com/watch?v=Ve9bZF1Hfdg


No Responses

Deixe uma resposta

  • (will not be published)