Inovação

Lançamento da nova família de nobreaks senoidais Smart-UPS BR

A qualidade da energia elétrica brasileira em geral tem melhorado nos últimos anos no que tange aos indicadores de continuidade descritos no módulo 8 do PRODIST (Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional), porém mesmo com a modernização das redes de distribuição, as concessionárias necessitam investir na melhoria da gestão. Segundo a ANEEL, a média dos indicadores DEC (número de horas, em média, que o consumidor fica sem energia elétrica no ano) e FEC (quantas vezes em média houve interrupção no fornecimento de energia) de 2015 ficaram, respectivamente, em 18 horas e 35 minutos e 9,86 vezes. O valor do FEC diminuiu em relação ao ano passado e apresenta um padrão de queda desde 2010. Já o DEC, que também estava em queda, aumentou se comparado com o ano de 2014. Ou seja, os consumidores em média ficaram mais tempo sem energia elétrica.

1

Fonte: ANEEL

As interrupções no serviço de fornecimento de energia elétrica acarretam grandes prejuízos a vários setores da indústria e comércio nas mais diversas áreas. Segundo a Confederação Nacional da Indústria brasileira (CNI), uma pesquisa feita em 2015 aponta que, das indústrias que utilizam eletricidade como principal fonte em seu processo produtivo, 16% são afetadas frequentemente por falhas no abastecimento de energia e 34% são atingidas eventualmente. Outras 44% se depararam com quedas de energia em raras ocasiões e 4% responderam que nunca houve falhas. Dependendo do tipo de empresa e da linha de produção, há perdas de matéria-prima, produtos, horas de trabalho e informação. O gráfico abaixo apresenta um estudo do custo estimado no processo devido a falta de energia em algumas áreas da indústria.

2

No comércio, em pequenas e médias empresas não é diferente, onde a parada das atividades por falta de energia acarreta perda de eficiência e de negócios. A Schneider Electric como líder global na gestão de energia oferece soluções de alimentação ininterrupta para garantir a continuidade e proteção dos equipamentos críticos de um empreendimento, oferecendo produtos confiáveis, de várias potências, configurações e aplicações, desde Datacenters a pequenos servidores.

Vislumbrando o aumento crescente do mercado de médios e pequenos servidores, além das aplicações de TI em indústrias, equipamentos médicos, circuitos CFTV, pontos de vendas e caixas eletrônicos, a APC by Schneider Electric está lançando a nova família de nobreaks Smart-UPS BR. Serão lançados cinco novos produtos com potência de 2200W e 3000W e tensão de alimentação bivolt e monovolt . Esta nova linha de nobreaks foi totalmente desenvolvida no Brasil pelo centro de P&D da Schneider Electric e atende às necessidades e particularidades do mercado brasileiro, com a confiabilidade lendária e tecnologia da APC by Schneider Electric.

3

Na interrupção da rede elétrica, os nobreaks Smart-UPS BR, através dos elementos acumuladores de energia que são as baterias seladas VRLA, fornecem energia para as cargas com forma de onda da tensão de saída senoidal pura e baixa distorção harmônica. Além disso, protegem as cargas contra afundamentos ou sobretensões da rede elétrica, surtos de tensão, sobrecarga e oferecem software de gerenciamento com opção de cartão de monitoramento via rede.

Seguem abaixo, as principais características destes novos produtos:

4 5 6

 

Para mais informações consulte o site: www.apc.com


One Response
  1. Fernandes

    Muito importante essa matéria , pois a continuidade é primordial para execução de procedimentos imprescindíveis.

    Responder

Deixe uma resposta

  • (will not be published)