Gestão de Energia

5 passos para dimensionar o nobreak ideal para a sua necessidade

Sabe aquela sensação de alívio e felicidade quando um imprevisto acontece, mas você está preparado para enfrentá-lo? Aquela, quando você está fazendo algo muito importante e de repente a energia acaba ou oscila e você sorri aliviado quando percebe que seus eletrônicos estão ligados, seus arquivos estão salvos e você pode continuar tranquilamente suas atividades mesmo na ausência de energia elétrica? Não sabe? Então você precisa conhecer o nobreak!

Mais cedo ou mais tarde você irá passar por essa situação e é importante que esteja pronto para enfrentá-la. Então, o nobreak é um equipamento de proteção de energia que possui baterias internas, isso quer dizer que além de proteger seus eletrônicos dos distúrbios da rede elétrica, evitando a queima, o mal funcionamento ou a redução da vida útil dos seus investimentos, o nobreak vai assegurar a continuidade da energia em casos de apagão.

Até aí tudo bem, mas como escolher o nobreak certo para a sua necessidade?

Essa é uma dúvida bastante comum e é por isso que listei abaixo as 5 coisas principais que você precisa saber na hora de comprar seu nobreak, elas irão te guiar no processo de dimensionamento do produto ideal para você.

1.Quais os equipamentos você precisa proteger: Existem diferentes tipos de nobreaks desenvolvidos mu computador ta trabvando para diferentes aplicações, então saber quais os eletrônicos você deseja conectar ao nobreak é a primeira etapa do processo de escolha. Esta pode ser a diferença entre comprar um produto com tecnologia mais simples, como um Back-UPS ou, dependendo da criticidade do equipamento, nobreaks com níveis de proteção mais avançados, como a família Smart-UPS.  Você pode ver aqui Quais os tipos de nobreaks existentes no mercado e quando deve utilizá-los.

Mas de forma geral, se você deseja proteger equipamentos residenciais (TV, desktop, home theater, modem/roteador e console), de escritórios (computadores, impressoras, projetores, câmeras de segurança e equipamentos de video-monitoramento) ou de pontos de venda (máquinas de check-out), um nobreak line interactive de onda quadrada é ideal – Linha Back-UPS. Agora se você deseja proteger servidores, PC de alta performance como PC-gamers com fontes PFC ativo, e outros equipamentos sensíveis, que precisam de energia pura, o ideal é comprar um nobreak senoidal – Linha Smart-UPS.

2. Qual a carga total dos equipamentos que você precisa conectar ao nobreak: Para dimencionar o nobreak ideal é preciso somar a potência total máxima de todos os equipamentos que você planeja conectar o nobreak, evitando a sobrecarga. Os equipamentos eletrônicos podem informar sua potência consumida tanto utilizando a medida Watts (W) como Volt-Ampere (VA), e para calcular a potência total, é necessário utilizar a mesma unidade de medida. O ideal é transformar o consumo de todos os equipamentos para a classificação Watts, que é a potência ativa. A equação para saber a potência ativa de um produto (Watts) é a seguinte: Potência ativa (W) = Potência aparente (VA) x Fator de potência (FP) do equipamento. Se você quiser entender mais sobre as diferenças entre Watts e Volt-Ampere e como calcular a potência necessária para o seu nobreak, clique aqui. Lembre-se também de checar o número de tomadas que você necessitará.

 

A maioria dos produtos já vai informar a potência em Watts, mas caso informe apenas em VA, você poderá encontrar o fator de potência nas especificações técnicas.

Dica útil: Alguns equipamentos utilizam mais energia no seu start-up (partida) ou nos picos de consumo do que para se manter funcionando, como é o caso das impressoras, para isso, use sempre o valor da potência máxima, evitando, dessa forma, uma sobrecarga. É importante ressaltar que os nobreaks APC possuem proteção contra sobrecarga, através do desligamento do produto.

3. Qual a tensão de entrada e saída necessária: Você precisa saber qual a tensão da rede elétrica da sua casa, que deverá ser compatível com a tensão de entrada do nobreak, e qual a tensão que o equipamento que você deseja proteger irá exigir, pois deverá ser compatível com a tensão de saída do nobreak.

4.Por quanto tempo você precisa que seus equipamentos continuem funcionando: Os nobreaks APC possuem tempo de autonomia suficiente para que você salve seus arquivos e continue por alguns minutos, tempo que normalmente a rede elétrica se estabiliza e volta a funcionar corretamente. Se você mora em regiões em que as quedas de energia são de média duração ou se você possui equipamentos que não podem parar, o ideal é que você escolha um nobreak com expansor de baterias, ou seja, que permita que você adicione bancos de baterias externos, o que irá aumentar significantemente o tempo de autonomia. Outra dica importante, é que quanto menos equipamentos você conectar ao nobreak, maior será a autonomia. Você pode descobrir qual o tempo de autonomia médio de acordo com a carga total que você irá conectar ao nobreak no site apc.com (figura abaixo).

(O gráfico de autonomia fica disponível na aba de “Especificações técnicas”, presentes em todas as páginas de produtos, na seção de Baterias & Tempo de operação)

Vale ressaltar que: os tempos de autonomia podem variar de acordo com a potência da carga, temperatura ambiente, o nível de carga e vida útil da bateria.

5. Onde você irá instalar o nobreak: essa pergunta é importante, pois existem nobreaks tanto no formato torre como para aplicações em racks de TI (apenas para linha Smart-UPS). Se o seu nobreak precisa ser montado em um rack, é importante saber qual o espaço em U disponível para o nobreak e bancos de baterias, caso necessário.

Pronto, com a resposta para essas perguntas, ficará bem mais fácil para você escolher o nobreak ideal para a sua necessidade. E, caso você tenha alguma dúvida, pode ligar para o nosso Suporte de Vendas através do número 0800 728 9110 ou clicar aqui para encontrar uma revenda APC próxima de você, com vendedores capacitados para tirar suas dúvidas e lhe ajudar a encontrar o seu nobreak ideal.


No Responses

Deixe uma resposta

  • (will not be published)