Sustentabilidade(Corporativa)

Excelência Operacional e Sustentabilidade

Excelência Operacional é um termo que entrou no vocabulário da maioria das empresas já há algum tempo. Especialmente este ano, em função dos desafios econômicos que o mercado enfrenta, o assunto está ganhando certo destaque. Se você ainda não está familiarizado com o tema, eu te explico: Excelência Operacional é uma filosofia de trabalho que fomenta uma cultura organizacional voltada à solução de problemas, ao trabalho em equipe e à liderança, com o objetivo final de alcançar a melhoria contínua. Não se trata somente da melhor equação possível entre custo e benefício. O ponto adicional que quero trazer para a reflexão é a necessidade de ter o olhar da Sustentabilidade sob as operações das empresas. Isso significa que, do ponto de vista da Sustentabilidade, a Eficiência Operacional implica em gerar mais resultados econômicos, utilizando menos recursos do planeta e respeitando fornecedores, parceiros e concorrentes, além de criar valor aos clientes e empoderar os colaboradores da empresa.

A Excelência Operacional só existe, de fato, quando é fundamentada por relações sustentáveis, de longo prazo e que geram impactos positivos para todos os envolvidos. É o famoso “ganha-ganha-ganha”: ganha a empresa, ganham os clientes e ganha o meio ambiente. Fazendo um paralelo com o esporte, eu diria que a Excelência Operacional e a Sustentabilidade são atletas de uma maratona e, não, de uma prova de 100 metros. Correm lado a lado com um mesmo objetivo de longo prazo: fazer mais e melhores negócios para as empresas e seus clientes, minimizando eventuais impactos negativos para as pessoas e para o planeta.

Na Schneider Electric, nós buscamos a Excelência Operacional como uma filosofia de trabalho. Esse processo é pautado em dois importantes pilares: foco e disciplina. Foco no cliente e em suas necessidades e na motivação e disciplina dos nossos colaboradores em implantar ações que irão nos dar uma vantagem competitiva. Essas ações podem ser muitas, mas quero compartilhar aqui com vocês uma que considero fundamental: ao invés de tentarmos vender o nosso produto, devemos entender de que forma podemos agregar valor ao negócio do nosso cliente, ajudando-o a maximizar seu lucro de uma forma sustentável. Essa postura pode, inclusive, nos levar a dizer ao cliente que a nossa solução não é a mais adequada para ele nesse momento. Talvez, no curto prazo, possamos perder um pedido específico, mas iremos solidificar, cada vez mais, a imagem de uma empresa que busca e valoriza relacionamentos duradouros e sustentáveis. E reputação e imagem, como bem sabem caros amigos, são bens muito valiosos para uma empresa.

Eu ouso dizer que, agora, o maior desafio das empresas é quebrar esse paradigma e internalizar a Excelência Operacional em seu DNA, mantendo seus colaboradores com uma atitude positiva e empoderados para fazer suas atividades de uma forma melhor e mais sustentável. Sempre.

Um Response to “Excelência Operacional e Sustentabilidade”

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)