Data Center

Uma visão dos Micro Data Centers em 2020

Nós já discutimos que os Micro data centers são soluções inovadoras, porém ainda estamos na fase inicial de sua adoção, e o potencial de mercado é incalculável. Onde eles já estão sendo utilizados? Com que rapidez o mercado crescerá?

De fato, você já pode estar utilizando micro data centers e nem saber disso. As demandas por processamento de dados em tempo real (ou quase em tempo real) em ambientes com automação de fábricas (robôs), automação industrial (guindastes), e de licitações ou negociação de ações e valores imobiliários, por exemplo, exigem as capacidades proporcionadas pelos micro data centers.

A enorme quantidade de dados necessários em setores como os de perfuração e exploração de petróleo e gás, construção e mineração também exige que o processamento permaneça no local para não ter que passar por hubs, o que aumentaria a latência.

Outros locais talvez não utilizem tal quantidade de dados, mas os micro data centers oferecem vantagens pela implementação rápida, facilidade de gerenciamento e resolução de problemas, e segurança, sem mencionar a economia.

Mas, no horizonte, o caso de aplicação com o maior potencial é uma grande rede distribuída de micro data centers para formar uma rede de distribuição de conteúdo. Este processamento local ajudará a Internet das coisas (IoT) comercial, incluindo a categoria dos dispositivos vestíveis que está em rápido crescimento. Neste caso, o processamento de dados poderá ser reduzido para milissegundos.

A Forbes divulgou recentemente o tamanho enorme da IoT — projetando que, mundialmente, as soluções de mercado atingirão um valor de US$ 7,1 trilhões até 2020, e o número de dispositivos conectados dobrará até lá para mais de 40 bilhões. Embora, atualmente, os micro data centers possam ser um nicho de mercado, eles se tornarão onipresentes, já que serão necessários para facilitar esta conectividade sem precedentes.

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)